Semana Nacional de Museus inicia com vasta programação no Museu do Trem

DSC_3607

A cerimônia de abertura da 17° Semana Nacional de Museus foi realizada na tarde de segunda-feira, 13, no Espaço Cultural Estação Férrea Várzea Grande – Museu do Trem. O prefeito Fedoca Bertolucci (PDT), o vice-prefeito Evandro Moschem (MDB) e o secretário da Cultura, Allan John Lino, prestigiaram o evento que contou coma apresentação especial do tradicional Coral Circolo Trentino.

“Esse tipo de evento é muito importante para que nós possamos resistir, preservando a memória, o passado, os feitos, os fenômenos e a nossa história”, disse o prefeito.

A semana é uma temporada cultural coordenada pelo Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM), com objetivo de comemorar o Dia Internacional dos Museus, 18 de maio. A cada edição, o IBRAM lança um tema para fomentar discussões e inspirar os eventos propostos pelos museus. Este ano o tema é “Museus como núcleos culturais: o futuro das tradições”.

Para o secretário da Cultura, o museu é um lugar de memória para o futuro. “Quando se fala em museu, muitas pessoas se remetem a um lugar de velharias, mas pelo contrário. Museu é um lugar de história, de memória para o futuro. Quem não preservar o passado, não vai conseguir fazer um bom futuro”, explicou Allan.

A supervisora do Centro Municipal de Cultura Várzea Grande, Maria Solange Muller, afirmou que a programação ofertada no Museu do Trem, valoriza a história do povo gramadense.

MUSEU DO TREM
O museu tem como objetivo promover através de exposições permanentes e itinerantes a reconstrução histórica do Bairro Várzea Grande, representada através de objetos, documentos primários e fotografias. Disponibilizar, para a comunidade e visitantes, um ambiente que reconstrói os primeiros passos do turismo em Gramado. O espaço está aberto de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 11h30 e das 14h às 17h30, na Rua Oscar Wille, 165.

PROGRAMAÇÃO
6/5 a 28/6 – Exposição fotográfica - “Um olhar sobre Gramado”, do fotógrafo Leonid Streliaev;
14 de maio (9h) – Oficina: Brinquedos folclóricos com material reciclado;
15 de maio (9h) – Teatro: Peça teatro de bonecos “Sítio do Pica-pau amarelo”;
16 de maio (14h) – Oficina: O Mate Chimarrão – Um patrimônio cultural;
16 de maio (19h) – Oficina: Oficina gastronômica de prato típico “Grostoli”;
17 de maio (9h) – Contação de histórias: “Nos trilhos da história”;
17 de maio (14h) - Contação de histórias: “Nos trilhos da história”.

Fonte

  • Bruna Campos
  • Júlia Angeli
Projeto de lei proíbe manuseio e utilização de fog...
Prefeito palestra sobre a cidade do futuro no Fóru...

Posts Relacionados